Aquele “traje esporte fino, passeio completo ou black tie” tão comum no fim da página do convite para uma festa de aniversário ou casamento chega a dar arrepios a quem não está familiarizado com essas regras de etiqueta, não é mesmo?

Para ajudar, separamos algumas dicas para você arrasar no próximo evento. Confira.

Traje esporte

O traje esporte é o mais casual e livre. Aqui não há regras e entram materiais menos nobres, como o jeans, o algodão e a sarja. É indicado para ocasiões mais informais e a escolha de peças é livre.

Vale tudo! Vestido, saia, calça, bermuda, blusa, bata… A maquiagem e o cabelo também podem fazer a linha mais relax, seguindo o gosto da pessoa.

Traje passeio ou esporte fino

Também chamado de tenue de ville (“roupa de cidade”, em francês), esse tipo de traje deixa o casual um pouco mais formal e arrumado. Os materiais devem ser mais sofisticados, o salto pode aumentar e a bolsa, diminuir. Até as 18h, pode ser mais informal; depois deste horário, é bom apostar em uma dose maior de glamour.

O cocktail dress, um clássico das festas, é a melhor pedida neste caso. Simples, discreto e na altura do joelho, ele pode ser usado com paletós e casaquinhos. A calça também está liberada, mas em materiais mais sofisticados. A maquiagem também é mais elaborada, embora ainda discreta. As joias ou bijuterias não devem ser exageradamente glamourosas.

Traje social ou passeio completo

O passeio completo é bem formal e fica apenas um passo atrás do traje de gala em termos de sofisticação.

A mulher deve investir em looks mais elaborados com materiais e detalhes nobres, como seda, chiffon, bordados e brilhos. O ideal é apostar em uma joia poderosa ou em uma bijuteria que imite joia. O sapato deve ser de salto alto e a bolsa, em modelo clutch ou carteira. Se a festa tiver pista de dança, uma bolsinha de festa pequena com alça a tiracolo também é ótima pedida para dançar à vontade.

Traje a rigor, de gala ou black tie

Também chamado de tenue de soirée (“roupa de noite”, em francês), o traje de gala é destinado às festas superformais; no nível dos casamentos ou dos tapetes vermelhos, mesmo.

O vestido longo é o mais indicado, mas, na última década, os curtos chiques também passaram a ser aceitos. Os tecidos devem ser finos, com transparências, bordados, brilhos…. Não economize nas joias e, se estiver frio, aposte em boleros e echarpes de tecidos nobres. O salto alto deve ser fino e mais alto, combinados a bolsas pequenas ou miniaudières. Capriche no penteado elaborado e escolha uma maquiagem digna de Hollywood.

Gostou? Compartilhe:

Os comentários estão encerrados.

Iniciar chat via Whatsapp